Vagas para Defensor Público no DF com salário de R$ 24.668,75

No total, são 12 vagas, como duas destinadas a formação de cadastro de reserva

OPORTUNIDADES Reprodução Vagas para Defensor Público no DF com salário de R$ 24.668,75

Concursos no Brasil
13/04/2019 19:50

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) publicou o edital nº 1/2019 referente ao seu II concurso público destinado ao provimento de vagas e formação de cadastro reserva para o cargo de Defensor Público de segunda categoria. O concurso DPDF será executado pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Em disputa estão 12 vagas, sendo 10 vagas de ampla concorrência e duas vagas destinadas a candidatos com deficiência. Para concorrer ao cargo, é necessário possuir curso de graduação de bacharel em Direito, registro na OAB e, no mínimo, dois anos de prática forense. A remuneração é de R$ 24.668,75.

Inscrições

As inscrições serão realizadas até às 18 horas do dia 13 de maio de 2019, apenas via internet. O valor da taxa de inscrição é de R$ 170,00.

Poderão solicitar a isenção desta taxa os candidatos que: Forem doadores de sangue, desde que tenham realizado, no mínimo, três doações nos 12 meses que antecedem a data de início das inscrições; Tenham prestado serviço à justiça eleitoral por pelo menos duas eleições. Cada turno é considerado uma eleição; Forem doadores de medula óssea. Neste caso, a isenção é de 50%.

Provas

O concurso DPDF será composto pelas seguintes etapas: Prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, a ser realizada na data provável de 23 de junho de 2019 e com duração máxima de cinco horas; Provas discursivas, de caráter eliminatório e classificatório; Prova oral, de caráter apenas eliminatório; Avaliação de títulos, de caráter apenas classificatório. Todas as etapas serão realizadas em Brasília - DF.

A prova objetiva será composta por 200 questões, envolvendo as seguintes áreas: Direito Administrativo; Direito Constitucional; Direito Civil; Direito Processual Civil; Direito Penal e Criminologia; Direito Processual Penal; Direito da Criança e do Adolescente; Direito do Consumidor; Direitos Difusos e Coletivos; Direito Empresarial; Direitos Humanos; História, Organização, Princípios e Normas Institucionais da Defensoria Pública e da Defensoria Pública do Distrito Federal; Filosofia Jurídica; Sociologia Jurídica; Conhecimentos sobre o Distrito Federal.

A prova objetiva valerá 200 pontos e serão aprovados nesta etapa os candidatos que obtiverem a nota mínima de 100 pontos.

Serão duas as provas discursivas, cada uma com duração de até cinco horas e realizadas em datas diferentes da prova objetiva. Cada uma destas provas será composta por uma peça processual que deverá ter até 120 linhas e quatro questões discursivas que deverão ser respondidas em até 30 linhas cada.

A prova de títulos valerá até 10 pontos e serão avaliados quesitos como exercício profissional, aprovação em concurso público, diploma de doutorado, mestrado e especialização, cursos preparatórios, entre outros.

Faça sua inscrição acessando aqui.

Instagram @correioma