Servidores participam de capacitação em Gestão de Projetos

Com a atividade, o IFMA busca constante monitoramento para a observação das ações que estão previstas no Planejamento Estratégico.

EDUCAÇÃO Foto: Site IFMA Servidores participam de capacitação em Gestão de Projetos

Site IFMA
31/08/2018 11:03

Gestores e líderes de Projetos Estratégicos do Instituto Federal do Maranhão reuniram-se nesta quinta-feira, 30, no auditório da Reitoria, no intuito de participar da capacitação na Metodologia de Gestão de Projetos (MGP). O objetivo, segundo o pró-reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional do IFMA, professor Carlos Cezar Teixeira, é a alimentação dos Termos de Abertura de Projetos (TAPs), bem como o gerenciamento destes Termos no Sistema Planner 360.

O evento teve como facilitador Bruno Viotti (Steinbeis-SIBE do Brasil). Ele explica que o treinamento é parte do segundo módulo, que trata da metodologia de gestão de projetos do IFMA. “No primeiro, tratamos de suas estruturações, agora partimos para a implementação. Depois dos TAPs e mapas de projetos preenchidos, os participantes irão lançar estas informações no Sistema de Gestão de Projetos, que é o Planner 360. Após esta etapa, os projetos passam a ser executados e monitorados”, diz. No auditório, os servidores aprendem como fazer a gestão de projetos dentro desta ferramenta.

O consultor menciona ainda que esta metodologia tem como foco principal o constante acompanhamento e monitoramento, para que seja possível perceber a evolução das ações que estão previstas dentro do Planejamento Estratégico, que se materializa no portfólio de projetos. “Então, se o servidor não consegue monitorar com efetividade este portfólio, ele não oferece os resultados que foram planejados anteriormente dentro do Mapa Estratégico e de outras etapas do Planejamento”.

Bruno Viotti ratifica que o destaque no monitoramento é fundamental para que o Escritório de Projetos e Processos possa acompanhar, junto aos líderes, a evolução de cada um dos projetos. Assim, no final do período, será possível conhecer seus resultados, os impactos que isto dá nos indicadores e objetivos estratégicos do planejamento.

“Nosso principal objetivo é fazer com que hoje consigamos lançar todos os projetos no sistema e colocá-los já para começar um processo de implementação.  Sobre os resultados esperados, complementa que, no final das atividades, já exista o portfólio estruturado dentro da Planner para que, a partir daí, o escritório possa monitorar dentro da periodicidade que é indicada.

Instagram @correioma