Salimp recebeu mais de 100 mil visitantes

A feira do livro ocorreu de 27 de setembro a 06 de outubro, no Centro de Convenções

LITERATURA Ao todo, foram dez dias de programação.
Divulgação/Ao todo, foram dez dias de programação.
Hyana Reis

Hyana Reis
Segunda-feira, 08 de Outubro de 2018

A 16ª edição do Salão do Livro de Imperatriz (Salimp) recebeu mais de 100 mil visitantes, segundo estimativa da organização. Ainda estão sendo contabilizados os números finais de visitantes e vendas de livro, mas segundo a Academia Imperatrizense de Letras, acredita-se que a estimativa deve superar a edição do ano passado.

A feira do livro ocorreu de 27 de setembro a 06 de outubro, no Centro de Convenções. E até o penúltimo dia de Salimp, cerca de 100 mil pessoas já haviam passado pelo local, de acordo com dados da RP Eventos, responsável pela logística da feira. Com o último dia ainda sendo contabilizado, a estimativa é que o número final seja de até 130 mil visitantes.

“Ficamos muito satisfeitos com a realização do Salimp deste ano, tanto em número de público, quanto de livros. Acreditamos que a edição deste ano também deve repetir o número do ano passado. Mas o resultado final é muito positivo, e foi mais um belo evento”, diz Trajano Neto, presidente da Academia Imperatrizense de Letras.

Com dez dias de programação, os visitantes puderam contar com extensa programação educativa e cultural, com lançamento de livros, oficinas, palestras, minicursos, apresentação de teatro, dança, shows, além da realização de festivais de música, e concursos para estudantes, como Soletrando e Gincana Cultural.

A exemplo dos anos anteriores, o evento contou com três espaços: Arena multicultural, com atrações artísticas; o Café literário com programação de palestras e lançamento de livros; e a Arena Infantil, voltada aos pequenos leitores.

No quesito livro, o Salimp deste ano contou com a exposição de cerca de 30 mil títulos, de gêneros como aventura, ficção, romance, técnico, universitários, entre outros. 250 editoras estavam representadas no evento e foram montados 60 estandes. A estimativa, até agora, de vendas totais é de mais 90 mil livros

Instagram @correioma