Presidente da FMF diz que Imperatriz já recebeu R$ 300 mil da CBF

Antonio Américo informa que valores antecipados são da quota da Copa do Brasil. Imperatriz diz que recebeu apenas R$ 200 mil

CAVALO DE AÇO Antonio Pinheiro Presidente da FMF diz que Imperatriz já recebeu R$ 300 mil da CBF
Carloto Junior

Carloto Junior
21/11/2018 10:28 atualizado em 22/11/2018 11:03

O GE Maranhão publicou uma matéria, com informações confirmadas pelo Jornal Correio, sobre a antecipação de quotas para Imperatriz, Sampaio e Moto Club por conta da participação dessas equipes em competições promovidas e organizadas pela Confederação  Brasileira de Futebol (CBF). O Cavalo de Aço tem direito a quota por conta da participação na Copa do Brasil. O mesmo acontece com o Moto e Sampaio, que participam também da Copa do Nordeste. Segundo a reportagem, a CBF já antecipou, aos três clubes, um total de R$ 1,6 milhão.

Copa do Brasil

Moto Club e Imperatriz campeão e vice, respectivamente, do Campeonato Maranhense de 2018 conquistaram o direito de participar da Copa do Brasil 2019. Já o Sampaio entra nas oitavas de final por ter conquistado a Copa do Nordeste e tem quota bem maior (R$ 2,4 milhão). Pela participação na Copa do Brasil, os clubes têm direito a R$ 500 mil reais, valor pago na edição deste ano, podendo sofrer reajuste em 2019. Deste montante, de acordo com o presidente da Federação Maranhense de Futebol (FMF), Antônio Américo, Imperatriz e Moto já receberam R$ 300 mil reais cada. - "Ano passado a quota foi R$ 500 mil. Moto e Imperatriz já anteciparam R$ 300 mil cada um da quota do ano que vem. O Sampaio que terá direito a uma quota em 2019 de mais ou menos R$ 2.400.000,00, já antecipou R$ 1 milhão", informou o presidente da FMF.

Imperatriz

A reportagem do Jornal Correio manteve contato com o presidente do Cavalo de Aço, Adauto Carvalho, que explicou sobre os valores repassados. - Acho que o presidente Antônio Américo se equivocou. Inclusive ele manteve contato comigo na terça-feira. O Imperatriz recebeu dois repasses referentes à Copa do Brasil, sendo R$ 100 mil cada, totalizando R$ 200 mil reais. Ele (Antonio Américo) se confundiu com o repasse referente ao estadual, no valor de R$ 115 mil do Governo do Estado” – informou Adauto.

Os três clubes vão jogar também o Campeonato Brasileiro em 2019. Sampaio e Imperatriz estão na Série C, enquanto o Moto está na Série D. Até este ano a CBF custeava apenas as despesas básicas como viagem, hospedagem e alimentação.

Instagram @correioma