Prêmio Mais Ideb destinará quase R$ 3 milhões em prêmios

Ao todo, 2880 estudantes, professores e gestores de centenas de escolas públicas maranhenses serão premiados

EDUCAÇÃO Reprodução Prêmio Mais Ideb destinará quase R$ 3 milhões em prêmios

Agência de Notícias/Gov. do MA
03/10/2019 13:45

Fim do ano se aproxima e como forma de reconhecer as boas práticas, experiências e resultados vividos nas escolas espalhadas pelo Maranhão, no decorrer de 2019, o Governo do Estado aplicará aproximadamente R$ 3 milhões em prêmios. Ao todo, 2880 estudantes, professores e gestores de centenas de escolas públicas maranhenses serão premiados.

A recompensa faz parte do Prêmio Mais Ideb, regulamentado pela Secretaria de Estado da Educação (Seduc), que leva como critério o desempenho de estudantes, professores e gestores escolares nas avaliações realizadas pelo Sistema de Estadual de Avaliação do Maranhão (Seama), além da frequência escolar, participação na prova do SAEB e as ações didático-pedagógicas desenvolvidas no decorrer do ano, nas escolas públicas do Maranhão.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, destaca que a premiação é voltada para estudantes do 9º ano do Ensino Fundamental e da 3ª série do Ensino Médio, da rede estadual de ensino, além de professores e gestores escolares, com base no desempenho de suas respectivas escolas.

“De forma inédita, implementamos o Seama no estado, que subsidia professores e gestores com informações técnicas sobre a aprendizagem deu seus alunos, para auxiliar na implementação de medidas pedagógicas necessárias para garantir a correta e adequada aprendizagem. Além de implantarmos esse sistema inédito no estado, o governador criou o prêmio Mais IDEB como forma de estimular a participação dos estudantes, professores e gestores”, realçou o secretário de Estado de Educação, Felipe Camarão.

O titular da pasta destaca, ainda, que as premiações levarão em consideração o esforço dos estudantes e a participação nas diversas atividades que estão movimentando as escolas com foco na aprendizagem. “Também premiaremos todos os professores das melhores turmas e gestores gerais e auxiliares das escolas com os melhores resultados em participação de estudantes, pois sabemos que eles são peças fundamentais nesse processo de incentivo dos estudantes e são eles que estão dia a dia no chão da escola e direcionando nossos alunos”, pontuou.

Mas afinal, você sabe que avaliação é essa que afere o IDEB das escolas do país?

O Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) é a avaliação que permite ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) fazer um diagnóstico da qualidade do ensino ofertado no país. É por meio das notas do Saeb e dos indicadores de fluxo das escolas (obtido pelos dados de aprovação e taxas de evasão), que o Ministério da Educação calcula o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Nesse ano, a aplicação das provas acontecerá entre os dias 21 de outubro e 01 de novembro de 2019, para alunos de 5º e 9º série do Ensino Fundamental e do 3º ano do Ensino Médio, de escolas públicas do país.

A secretária Adjunta de Gestão da Aprendizagem da Seduc, Nadya Dutra, destaca que a participação na avaliação do SAEB é um dos requisitos para aqueles que estão concorrendo ao prêmio Mais IDEB. “O SAEB encerra um ciclo de ações do Programa Mais Ideb, por isso destacamos a participação dos estudantes e professores na avaliação como um dos requisitos para a premiação. Verificar o desempenho de cada escola é fundamental para consolidarmos as estratégias cada vez mais adequadas para o ensino e a aprendizagem no ensino médio.”

Instagram @correioma