Prefeito de Açailândia renuncia ao cargo e alega problemas de saúde

Juscelino Oliveira (PCdoB) anunciou a sua renúncia na quinta-feira (22) e a sua carta foi entregue à Câmara Municipal de Açailândia

POLÍTICA Reprodução Prefeito de Açailândia renuncia ao cargo e alega problemas de saúde

G1 MA
23/08/2019 12:51 atualizado em 23/08/2019 12:53

O prefeito de Açailândia, a 562 km de São Luís, Juscelino Oliveira (PCdoB), renunciou na quinta-feira (22) ao cargo de prefeito da cidade e alegou o seu afastamento em virtude de a problemas de saúde. Ele entregou a sua carga de renúncia ao presidente da Câmara Municipal de Açailândia.

A decisão de Juscelino Oliveira foi anunciada aos secretários durante uma reunião na tarde de quinta em Açailândia, mas foi a noite que ele entregou a sua carta à Câmara Municipal de Açailândia.

De acordo com a carta de renúncia, ele disse que tomou essa decisão porque ele precisava cuidar de sua saúde e essa decisão foi acordada com a família dele. Ele disse também que descarta qualquer possibilidade de comentários a respeito dessa decisão que tenha sido por outros motivos.

Em 2017 o prefeito Juscelino Oliveira foi levado às pressas para um hospital em São Paulo para tratar de um problema de saúde no pulmão. Na ocasião, ele passou por intervenções cirúrgicas para a retirada da parte de um pulmão que estava comprometido pela desobstrução de uma artéria e desde então ele vem tendo complicações de saúde.

Com a renúncia, quem assume o comando do Município é o vice-prefeito Aluísio Sousa, do partido Solidariedade. Na eleição em que os dois vitoriosos eles obtiveram 33.652 votos e essa foi considerada a maior votação obtida em Açailândia.

Instagram @correioma