Pavimentação do acesso à Estrada do Arroz segue para fase final

A via, além da pavimentação, recebeu construção de acostamento e terceira faixa em pontos críticos

IMPERATRIZ Reprodução Pavimentação do acesso à Estrada do Arroz segue para fase final

Sinfra
20/08/2019 10:04 atualizado em 22/08/2019 10:53

Quem precisa se deslocar da zona urbana para os povoados ao longo da Estrada do Arroz estão só alegria, pois a pavimentação do acesso à rodovia está praticamente pronta. São mais de 20 povoados contemplados, a maior parte deles têm a agricultura familiar como base econômica.

José de Sousa é pescador e conta com a via em melhores condições consegue transportar um volume de peixe maior e com mais rapidez. “Estava precisando demais.  Muita poeira e buraco. Antes não tinha acostamento. Era perigoso. Com o asfalto consigo levar mais peixes para vender e chego mais rápido”, acrescentou.

A via, além da pavimentação, recebeu construção de acostamento e terceira faixa em pontos críticos. O primeiro trecho já está praticamente pronto e no outro está em execução a terraplanagem. Depois de finalizado o asfalto, será executado a sinalização. O objetivo é garantir mais segurança, já que o local possui um tráfego intenso de veículos de grande porte. As obras são uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Secretaria da Infraestrutura (Sinfra).

O titular da pasta, Clayton Noleto, falou sobre o investimento. “A demanda principal da comunidade era o asfalto. O Governo  atendeu e foi além, com o acostamento e com a terceira faixa nos pontos necessários. Isso porque a nossa prioridade é a segurança e o bem estar da população”, destacou.

André Rocha, diretor de relações e gestão, mencionou a importância da iniciativa, uma vez que a via é uma importante rota de produção, que fortalece a economia na região Sul do Estado. “Essa rodovia é canal de escoamento de vários produtos, como a celulose. Quando essa via está cheia de buracos, os caminhões danificam, dão prejuízo. É uma obra super importante para toda a região que vai potencializar a economia do estado”, finalizou.

Instagram @correioma