Passeio pela cultura do Maranhão será realizado em São José de Ribamar

A iniciativa visita as escolas da rede pública ensinando sobre a cultura e o folclore do Maranhão, por meio da contação de histórias e da distribuição de livros

PROGRAMAÇÃO A programação conta com teatralização de temas com o Grupo Xama Teatro.
Reprodução/A programação conta com teatralização de temas com o Grupo Xama Teatro.

Assessoria
Segunda-feira, 05 de Novebro de 2018

O segredo da Serpente Encantada, uma aventura em noite de São João, e a revolta de Beckman, serão uma das histórias contadas pela Caravana Literária “Passeios pela história e cultura do Maranhão” nos dias 06 e 07 de novembro em São José de Ribamar. O projeto, criado por Wilson Marques, tem o patrocínio da Cemar, por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, sendo direcionado para crianças e adolescentes das escola públicas.

A programação da Caravana, que já está em sua terceira edição, acontecerá no dia 03, no Farol da Educação de São José de Ribamar e no dia 06, no bairro Juçatuba, também em Ribamar, contemplando as crianças e adolescentes da escola Rosa Raimunda Paixão, com contação de estórias, teatralização de temas com o Grupo Xama Teatro e distribuição gratuita de um box com 6 livros que contam de forma didática e divertida histórias inspiradas nas lendas e tradições do Maranhão.

Para Wilson Marques, autor do projeto, a Caravana é a realização de um antigo sonho: Democratizar o acesso a suas obras entre crianças maranhenses das cidades mais longínquas, e sem oferta de eventos culturais que estimulassem a formação de leitores em seu próprio estado.

“Esse era um desejo meu antigo e somente com o advento da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e graças ao patrocínio da Cemar, pudemos realizar o projeto que chega agora a sua terceira edição e cada vez melhor, pois é incrível a resposta imediata das crianças impactadas pela Caravana”, revela o autor.

Além de São José de Ribamar, a Cemar já levou a caravana para mais de 14 cidades do Maranhão, cultivando o hábito da leitura e o conhecimento da história maranhense e suas tradições.

Instagram @correioma