"O Nome do Pai" já realizou mais de 1.400 atendimentos em João Lisboa

O total está relacionado aos reconhecimentos de paternidade por meio do projeto implantado no município pelo Ministério Público do Maranhão

CIDADES Reprodução "O Nome do Pai" já realizou mais de 1.400 atendimentos em João Lisboa
Hemerson Pinto

Hemerson Pinto
11/01/2019 17:10 atualizado em 11/01/2019 18:04

O objetivo do projeto é identificar a paternidade de crianças e adolescentes que possuem na certidão nascimento apenas o nome da mãe. "O Nome do Pai" é uma iniciativa da promotora de justiça Maria José Lopes Corrêa, titular da 2ª Promotoria de Justiça de João Lisboa.

O projeto foi iniciado no ano de 2017 a partir do levantamento de dados de crianças sem o nome do pai da certidão, o que é feito até hoje, com informações que chegam do Cartório de Registro de Pessoas Naturais. O projeto ainda incentiva as escolas a contribuírem com informações. O passo seguinte é procurar a mãe da criança para buscar informações sobre o pai.

“Esta ação possibilita o exercício da cidadania e o fortalecimento de vínculos familiares, afetivos e, até mesmo, financeiros. O pai tem a obrigação de participar do sustento da criança, que, muitas vezes, é de família de baixa renda e precisa deste suporte para atender às necessidades alimentícias”, disse a promotora Maria José.

O projeto teve início por conta da quantidade de processos judiciais com pedido de reconhecimento de paternidade e de ações com pedidos de pensão alimentícia.

Instagram @correioma