'Não declarar IR gera multa ao mês e fração de atraso', diz contador

Segundo o contador Tiago Rodrigues, a partir do dia 1º maio quem for declarar terá que pagar uma multa de 1% ao mês

ECONOMIA Reprodução 'Não declarar IR gera multa ao mês e fração de atraso', diz contador
Daniela Souza

Daniela Souza
30/04/2019 15:26 atualizado em 30/04/2019 15:50

A Declaração de Imposto de Renda é feita anualmente pelo contribuinte, que deve ficar atento com as documentações necessárias. O prazo para o recebimento encerra nesta terça-feira, 30. As principais consequências ao perder o prazo serão as multas por atraso.   

Segundo o contador Tiago Rodrigues, a partir do dia 1º maio quem for declarar terá que pagar uma multa de 1% ao mês ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago.  

“A multa é calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago, sendo que o valor mínimo é de R$ 165,74 e o valor máximo é de 20% do imposto sobre a renda devido, o que varia de acordo com cada trabalhador”.  

Ele explica ainda que o conselho para contribuintes, que por algum motivo não tenha o informe de rendimentos em mãos, é transmitir sua declaração e depois retificá-la com as informações corretas. “A declaração pode ser transmitida durante todo o ano, só que tem multas e frações de atraso”.  

Instagram @correioma