Moradores do Bom Sucesso recebem orientações sobre câncer de mama

Um “aulão” de FitDance e um café da manhã também foram oferecidos aos participantes, como parte integrante das programações do “Outubro Rosa”

IMPERATRIZ A ação foi realizada na Unidade Básica de Saúde, UBS, no Bairro Bom Sucesso.
Divulgação/A ação foi realizada na Unidade Básica de Saúde, UBS, no Bairro Bom Sucesso.

Assessoria
Quinta-feira, 18 de Outubro de 2018

Equipe da Unidade Básica de Saúde, UBS, no Bairro Bom Sucesso, e estudantes de medicina de uma universidade particular da cidade, realizaram palestra sobre câncer de mama para a comunidade. Apesar de ser direcionada às mulheres, homens também estiveram presentes na ação. Um “aulão” de FitDance e um café da manhã também foram oferecidos aos participantes, como parte integrante das programações do “Outubro Rosa”.

A enfermeira e coordenadora da UBS, Maria de Nazaré Lima, explica que as pessoas ainda têm dúvidas sobre o assunto e os esclarecimentos são necessários. “Tiveram alguns questionamentos a respeito de como faz a mamografia e a disponibilização do exame no município. Isso foi explicado tanto por mim, como pelos estudantes de medicina”, informou. Ela lembra que a prevenção, o conhecimento sobre os fatores de risco e discutir esses aspectos dentro do consultório é importante no combate à doença.

Douglas Paraibano é estudante de medicina do primeiro período, mas já entende as implicações do câncer de mama. Ele também participou da palestra e explica que a doença “é muito abrangente e não afeta somente pessoas de baixa renda, mas de qualquer classe social e por isso é importante falar sobre, já que é uma campanha fortemente trabalhada em outubro. Aqui trouxemos direcionamentos de como a UBS pode oferecer uma melhor ajuda”, ressaltou.

Ele esclareceu ainda que, nem todo nódulo que aparece na mama trata-se de câncer, mas que com um diagnóstico correto, realizado o mais cedo possível, é mais fácil de esclarecer o tipo. Em caso de se tratar realmente da doença, iniciar logo o tratamento, aumentando a probabilidade de cura.

Instagram @correioma