Maranhão vai ter 60 escolas integrais da rede estadual em 2020

São dois tipos de escolas em tempo integral mantidas pelo Governo do Estado: o Centro Educa Mais e o IEMA

ESTADO Reprodução Maranhão vai ter 60 escolas integrais da rede estadual em 2020

Agência de Notícias/Gov. do MA
26/10/2019 15:26

Antes de 2015, elas não existiam. De lá para cá, foram abertas 49. E no próximo ano, serão 60 no total. Essa é a trajetória das escolas em tempo integral no Maranhão.

São dois tipos de escolas em tempo integral mantidas pelo Governo do Estado: o Centro Educa Mais e o IEMA.

O primeiro são escolas regulares de ensino médio, mas com um currículo mais completo e diversificado que as de meio turno. O segundo oferece ensino profissionalizante no ensino médio. Ou seja, o aluno sai formado também em uma profissão.

Hoje, existem 36 Educa Mais. Em 2020, serão abertas mais dez unidades, chegando a 46. Mas duas vão se tornar unidades do IEMA. Logo, são 44.

As unidades plenas do IEMA – que são de tempo integral – atualmente são 13. No ano que vem, serão mais três, chegando a 16, contando com a conversão dos dois Centros Educa Mais.

Ou seja, 44 Centros Educa Mais e 16 IEMAs. No total, 60 escolas de tempo integral.

IEMA

As inscrições para o IEMA estão abertas até o dia 23 de novembro.

As três novas unidades plenas estão em São Luís (Anil, Bacelar Portela e Gonçalves Dias). A única unidade que não terá disputa pelas vagas é a do Anil. A escola foi incorporada ao IEMA, e seus alunos automaticamente garantiram a matrícula.

As inscrições são exclusivamente online. Para a seleção, serão analisadas as notas de português e matemática do 8º apresentadas pelo estudante no ato da inscrição.

Além das notas, outro critério levado em consideração é a distância da residência do candidato até a unidade plena em que tem interesse de estudar. A divulgação dos selecionados será no dia 20 de dezembro, no site do Instituto.

Instagram @correioma