Fábrica de Inovação é apresentada ao setor produtivo do Estado

Os representantes do setor Produtivo participaram de visita guiada às instalações do IV Universo IFMA, no Campus São José de Ribamar do IFMA.

EDUCAÇÃO (Foto: IFMA) Fábrica de Inovação é apresentada ao setor produtivo do Estado

IFMA.com
05/09/2018 10:12

Gestores do Instituto Federal do Maranhão (IFMA) e representantes do setor produtivo no Maranhão participaram na manhã de segunda-feira (03) do Café com Empresários. Em pauta, a aproximação da academia com o segundo setor na busca por soluções inovadores ao mundo do trabalho. Ação integrante da programação do IV Universo IFMA, o encontro marcou o lançamento do projeto estratégico Fábrica de Inovação.

Presente ao evento, o Reitor do IFMA, professor Roberto Brandão, citou o início dos trabalhos do Planejamento Estratégico na instituição, no ano de 2016, como um marco no desenvolvimento das ações na instituição. “Observamos vários modelos exitosos e compreendemos que o modelo do Planejamento Estratégico adotado pelo IFMA, com transferência de conhecimento da Steinbeis-Sibe do Brasil representa um salto. É nesta agenda do planejamento que o IFMA vem trabalhando desde 2016 e os resultados já estão sendo apresentados”, disse.

Iniciado em 2017, o encontro desta manhã é a segunda edição do Café com Empresários, uma ação do Planejamento Estratégico do IFMA  e com apoio das pastas da Extensão e da Pesquisa, Pós-graduação e Inovação na instituição. Naquela oportunidade, os agentes do segundo setor apresentaram suas demandas ao IFMA. Hoje foi o momento de receber o retorno da instituição.

“Várias demandas apresentadas à época do nosso primeiro encontro já estão em curso, em desenvolvimento. Outras estão em processo de estruturação. Nossa metodologia de atendimento aos demandantes será por meio da realização de projetos cooperados”, detalha Fernando Lima, Pró-Reitor de Extensão do IFMA.

Após a reunião, os representantes do setor Produtivo participaram de visita guiada às instalações do IV Universo IFMA, no Campus São José de Ribamar do IFMA.  Na unidade, conheceram o ambiente da Fábrica de Inovação e participaram de simulações orientadas no campo da linguagem de programação e da realidade aumentada.

Entre os objetivos, a Fábrica de Inovação atuará no estimulo às parcerias entre instituições de pesquisa e organizações públicas e privadas por meio do desenvolvimento de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I); Fomentar o intercâmbio entre instituições parceiras para solução de demandas regionais; Atuar na solução de problemas demandados por instituições Públicas e Privadas. 

Fisicamente, a Fábrica de Inovação fica instalada em um contêiner equipado com bancadas, rede de computadores, tablets, tela para projeção, óculos para simulação de realidade virtual, drones e impressora 3D, tudo em espaço adequado às normas de acessibilidade. Um segundo contêiner está em produção. Entretanto, o contêiner é a representação física da Fábrica.

“Vamos levar aos nossos pesquisadores as demandas de vocês, representantes da indústria e também de organismos públicos. É a partir daí que serão criadas estratégias na busca de soluções inovadores. Já o ambiente físico da Fábrica fica instalado em um laboratório móvel e atuará de forma itinerante no estado”, detalha.

Sebastião Amorim é representante do grupo Avanco Resources, que atua no ramo da mineração.  A empresa está se instalando no interior do estado, em Centro Novo do Maranhão, e vai atuar na exploração de Ouro.  Ele aponta que o diálogo entre os centros de produção de conhecimento e pesquisa possibilitará criar condições para gerar mão de obra qualificada ao empreendimento. “Existe naquela região uma produção artesanal.  Nosso foco é em uma atuação com sustentabilidade e racionalidade, e é nesta perspectiva que estamos procurando o apoio do IFMA. Nosso projeto vai gerar entre 1 e 1,2 mil postos de trabalho. É uma demanda alta. Precisamos qualificar as pessoas para ocuparem essas vagas”.

Apresentação de Demandas

A Fábrica de Inovação já está recebendo demandas da sociedade. Para buscar atendimento da Fábrica, os interessados devem realizar cadastro no ambiente InovaIFMA e submeter sua demanda.  A solicitação será avaliada pelo Conselho Diretor da Fábrica e, aprovado atendimento, será encaminhada aos pesquisadores do IFMA. As etapas seguintes incluem a criação de uma proposta inicial para atendimento ao pleito, prototipagem, avaliação preliminar, estudo de viabilidade, avaliação final e implementação da solução com posterior entrega de tecnologia ao demandante.

Acesse aqui a página da Fábrica de Inovação.

Instagram @correioma