Éder Militão, ex-lateral do São Paulo, é chamado para a vaga de Fagner

Além dele, o atacante Richarlison, ex-Fluminense, foi convocado para lugar de Pedro, também lesionado

Futebol Interior
03/09/2018 11:36

O ex-sãopaulino Éder Militão, hoje no Porto, de Portugal, foi convocado pelo técnico Tite para a vaga do lesionado Fagner, do Corinthians, nos amistosos da Seleção Brasileira diante dos Estados Unidos e El Salvador, nos dias 7 e 11 de setembro, em solo norte-americano.

Convocado pela primeira vez para defender o Brasil, Militão ganhou a chance após o corte do corintiano, que foi à Copa do Mundo da Rússia. O lateral teve diagnosticada uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda na última sexta-feira e, portanto, não tem condições de entrar em campo nos amistosos da seleção, como confirmou a CBF. Éder Militão foi observado pela comissão técnica do Brasil quando ainda atuava pelo São Paulo.

Segundo informou a CBF, o coordenador de seleções, Edu Gaspar, comunicou o atleta da convocação neste domingo, após a partida do Porto contra o Moreirense, pelo Campeonato Português, em que o lateral, inclusive, participou de um dos gols da vitória de seu time por 3 a 0.

Mais jogadores fora

Fagner não foi o único cortado da lista inicial de convocados por Tite. O atacante Pedro, do Fluminense, precisou ser cortado por lesão no joelho e teve a sua vaga ocupada por Richarlison, do Everton, da Inglaterra. O meia Renato Augusto, do Beijing Guoan, pediu dispensa da seleção por questões pessoais. Nesse caso, porém, não foi chamado um substituto.

Ainda incompleta, a Seleção fará dois amistosos em solo americano. O primeiro, na sexta-feira (7), contra os Estados Unidos, no Metlife Stadium, em Harrison. O 2º amistoso será contra a Seleção de El Salvador, na terça-feira (11), no FedEx Field Stadium, em Washington.

Instagram @correioma