Dois homicídios são registrados na noite de quarta-feira em Imperatriz

O primeiro aconteceu no loteamento Verona 2 e outro no bairro Vila Nova

POLÍCIA Pedro Henrique Evangelista de Carvalho, 23 anos, era morador da Rua Principal, bairro invasão do Bom Jesus.
Pinheiro/Pedro Henrique Evangelista de Carvalho, 23 anos, era morador da Rua Principal, bairro invasão do Bom Jesus.
Antonio Pinheiro

Antonio Pinheiro
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2018

No início da noite de quarta-feira (10) ocorreram dois homicídios em Imperatriz, o primeiro por volta das 18hrs no Loteamento Verona 2, e o outro na Vila Nova, que aconteceu por volta das 20hrs, na Rua Henrique Dias.

 A primeira vítima foi identificada como Pedro Henrique Evangelista de Carvalho, 23 anos, que era morador da Rua Principal, na invasão do bairro Bom Jesus,conhecida também como Vila Jackson Lago. Pedro Henrique foi alvejado com vários tiros e morreu no local.



O segundo homicídio aconteceu na Rua Henrique Dias, bairro Vila Nova. A vítima identificada como Valter de Oliveira Vieira foi morto a tiros também. Segundo informações, os assassinos estariam em um Gol Preto. A vítima estava em companhia de três  amigos, um deles foi baleado no braço e socorrido pelo Samu até o Socorrão Municiapl.

Sobre o primeiro homicídio

Por volta das 20hrs dois irmãos de Pedro Henrique foram até a casa de um homem, acusando que o mesmo teria matado Pedro Henrique. Ele conseguiu fugir e se esconder na casa de vizinhos. A dupla revoltada quebrou tudo de dentro da casa do suspeito.

O homem acusado pelos familiares disse que tem um restaurante no bairro e que Pedro Henrique e outros teriam efetuados disparos na porta da sua residência, mas ele não tinha nenhum envolvimento no crime. A polícia logo chegou ao local e fez a condução do homen até ao plantão Central.

Segundo homícidio

O trabalho de investigação do Serviço de Inteligência e guarnição do Conjunto Vitória conseguiu prender dois suspeitos de envolvimento no assassinato.

 Identificados por Daniel Oliveira Silva e Ricardo, mais conhecido por Magão, foram presos suspeitos de envolvimento no assinato que ocorreu na Vila Nova. Ricardo já havia sido preso no bairro na segunda-feira portando uma arma de fogo. Ele reside na Vila Vitória. 

 

Instagram @correioma