Centrinho acelera tratamento de pacientes com fissura labial

Instalação de equipamento reduz o tempo de espera pela cirurgia

IMPERATRIZ Divulgação\Ascom Centrinho acelera tratamento de pacientes com fissura labial
Hemerson Pinto

Hemerson Pinto
18/06/2019 15:50

O Centrinho ambulatorial na cidade de Imperatriz é referência há 11 anos quando o assunto é o tratamento de pessoas com fissura labiopalatina, conhecida como fissura labial.

Nesse tipo de tratamento, uma das fases mais difíceis é o pré-operatório, por conta do eletrocardiograma que precisava ser feito e isso só era possível fora da faculdade onde a estrutura funciona. Mas agora a instalação do aparelho específico para o tipo de exame vai facilitar o processo, segundo o professor Sebastião Silveira Júnior, do curso de Enfermagem da Facimp.

“Essa medida acelerou o processo de agendamento da cirurgia, diminuindo o tempo de espera dos pacientes e ainda contribuiu para o aprendizado dos alunos na prática da realização do exame”, afirmou o professor.

O Centrinho tem atualmente 515 pessoas cadastradas, cerca de 200 são crianças. Também é ofertado atendimento em outras áreas, como psicologia, fonoaudiologia, nutrição, enfermagem e a cirurgia bucomaxilofacial.

O funcionamento é possível por meio da parceria entre a faculdade, a Associação Brasileira de Odontologia, a Secretaria Municipal de Saúde e a ONG Smile Train.

Instagram @correioma