Câmara devolve projeto que cortava direito de professores

A matéria gerou polêmica e foi bastante criticada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz (Steei)

IMPERATRIZ Reprodução Câmara devolve projeto que cortava direito de professores

Assessoria
16/08/2019 09:44 atualizado em 16/08/2019 09:46

A Câmara Municipal oficializou a devolução à Prefeitura de Imperatriz do Projeto de Lei Ordinária 014/2019 atendendo solicitação da chefia de Gabinete do prefeito Assis Ramos. Na sessão da última terça-feira (13), o projeto chegou a ser lido em Plenário e encaminhado às comissões técnicas da Casa.

A Secretaria Legislativa da Câmara Municipal atendeu pedido oficiado pelo chefe de Gabinete da Prefeitura, Marcelo Martins de Sousa.

O projeto revogava o parágrafo único do artigo 28 da Lei Orgânica do Município 1601/2015, que assegura a professores com idade a partir de 50 anos e pelo menos 20 anos de Magistério o direito à redução na carga horária de trabalho.

A matéria gerou polêmica e foi bastante criticada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino de Imperatriz (Steei).

Instagram @correioma