Bailarinos do Maranhão são aprovados na seleção do balé Bolshoi

Glenda Lynek Vasconcelos de Sousa e Marcos Silva Sousa vão estudar na escola de Bolshoi de Joinville, no estado de Santa Catarina

GERAL Reprodução Bailarinos do Maranhão são aprovados na seleção do balé Bolshoi

G1 MA
21/10/2019 16:58 atualizado em 21/10/2019 17:01

Dois representantes do Maranhão foram aprovados na seletiva da Escola de Teatro Bolshoi no Brasil, que fica em Joinville, em Santa Catarina. Glenda Lynek Vasconcelos de Sousa é de Colinas, a 437 km de São Luís, e Marcos Silva Sousa é de Grajaú, a 580 km da capital.

As 41 crianças selecionadas começam na primeira série e os adolescentes, irão para as séries mais avançadas. Ambos farão parte das turmas de dança clássica femininas e masculinas da 1ª série. As matrículas serão realizadas entre 4 a 29 de novembro de 2019.

Em 2019, as inscrições para integrar a Escola de Teatro Bolshoi chegaram a 5 mil inscritos nas pré-seleções. Os aprovados nas avaliações terão oito anos de estudos que serão iniciados no ano de 2020 em Santa Catarina.

Os aprovados

Marcos Silva Sousa, de 12 anos, participou do Projeto Dança Salva Vidas, coordenado por Rafiza Teixeira. Segundo ela, o professor que é ex-bailarino da Cia Brasileira, Timóteo Cortês, ajudou no desenvolvimento de Marcos.

Rafiza Teixeira relembra como conheceu Marcos e da dificuldade que o menino teve para comparecer nas aulas por falta de transporte. "De primeira vi que ele tinha potencial e dei a ele uma bolsa da nossa academia. No entanto, ele tinha muita dificuldade por conta da falta de transporte, isso aconteceu em 2016. A partir de então comecei a procurar alguém que pudesse levá-lo pra aula. Neste ano de 2019 consegui uma pessoa para ajudá-lo, foi quando ele deu início as aulas regulares de balé", explicou.

"Ele tem talento nato. Só lapidamos com dicas vitais para o seu melhoramento", afirmou Rafiza Teixeira.

Maranhense no Bolshoi

A maranhense Bruna Gaglianone é um dos principais nomes do tradicional Balé Bolshoi na Rússia. Aos 12 anos, Bruna realizou a seleção para a escola em Joinville e foi aprovada em primeiro lugar. Em 2011, ela se mudou para Moscou onde realizou sua estreia como bailarina profissional da companhia.

Instagram @correioma