Aniversário da cidade terá apenas atrações locais, segundo Prefeito

Assis Ramos anunciou que a festa de 167 anos de Imperatriz não contará com show de atrações nacionais, como ocorreu em anos anteriores

PROGRAMAÇÃO Reprodução Aniversário da cidade terá apenas atrações locais, segundo Prefeito
Hyana Reis

Hyana Reis
24/04/2019 12:00 atualizado em 24/04/2019 12:38

Nada de grandes atrações para a festa de 167 anos de Imperatriz, segundo o Prefeito Assis Ramos. O gestor municipal anunciou que para a comemoração deste ano deve ser montada uma programação apenas com atrações locais, com o objetivo de economizar.

"Em virtude da situação crítica em que se encontra a cidade de Imperatriz na infraestrutura, decidimos que o aniversário da cidade, em 16 de julho, será realizado somente com atrações locais. Iremos priorizar a saúde e infraestrutura do município", anunciou Assis Ramos em suas redes sociais, após reunião com o presidente da Fundação Cultural, José Carneiro.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A post shared by Assis Ramos (@prefeitoassisramos) on

Anualmente uma série de programações marcam a comemoração da fundação de Imperatriz, como o tradicional corte do bolo e a Corrida do 16 de Julho. A Prefeitura e a Fundação Cultural ainda não anunciaram se os eventos serão mantidos em 2019.

No ano passado o cantor sertanejo Gusttavo Lima foi quem animou o tradicional show do aniversário da cidade. O artista se apresentou no Parque de Exposição Lourenço Vieira, durante a Expoimp. Na época, a entrada foi liberada para o público.

Ainda no ano passado a Prefeitura de Imperatriz contratou Pablo do Arrocha para a celebração do réveillon. A presença do cantor de sofrência na Noite da Virada da cidade custou R$ 300 mil aos cofres municipais para o pagamento do cachê. Na época, a gestão teve também gastos com estrutura de palco, iluminação, artistas locais entre outros.

A última grande contratação para shows em Imperatriz feita pela Prefeitura ocorreu em março, durante o Carnaval. A gestão trouxe como atração principal o cantor sertanejo Mano Walter, que recebeu um cachê de 260 mil, segundo edital publicado pela Fundação Cultural.

Instagram @correioma