Acontece na próxima semana debate sobre os desafios da maternidade na vida acadêmica 

O encontro acontece na quarta (5) a partir das 17h e é promovido pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA), campus Centro de Imperatriz.  

EDUCAÇÃO Foto: reprodução/google imagens Acontece na próxima semana debate sobre os desafios da maternidade na vida acadêmica 
Daniela Souza

Daniela Souza
31/08/2018 14:55

Será realizado na próxima quarta-feira (5) uma roda de conversa com o tema ‘Os desafios e as possibilidades da maternidade na vida universitária’. O encontro acontece a partir das 17h e é organizado pelo Serviço de Assistência Estudantil e Pedagógica da UFMA – Campus de Imperatriz, localizada no centro da cidade.   

O evento foi idealizado em alusão a campanha ‘Agosto dourado’ que objetiva a relação entre maternidade e vida acadêmica de discentes que tenham filhos ou dependentes legais de até 6 anos de idade. O encontro também vai discutir os benefícios que a instituição destina a essas estudantes, como por exemplo o ‘Auxílio Creche’; os direitos das discentes no período gestacional e atividades domiciliares.  

Dentre os professores confirmados para a roda de conversa, estão: professora do curso de Enfermagem, Floriacy Stabnow, que vai fazer um panorama das questões que envolvem a amamentação e a professora do curso de Jornalismo, Emilene Leite, que discutirá os desafios de conciliar a maternidade com os deveres da universidade. As inscrições para participar podem ser realizadas por meio do link.  

A UFMA também informa, que está aberto o edital ‘Auxílio Creche’ destinado a estudantes universitários da instituição. Além dos estudantes de Imperatriz, o auxílio também irá beneficiar os estudantes do campus de Bacabal, Balsas, Chapadinha, Codó, Grajaú, São Bernado, Pinheiro e São Luís.  

“Os recursos financeiros do Auxílio Creche são oriundos do Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES), executados no âmbito do Ministério da Educação e instituído pelo Decreto 7.234/2010, que tem por finalidade ampliar as condições de permanência dos jovens na educação superior pública federal”, informa o edital.  

Pode se inscrever estudantes que são oriundos da rede pública de educação básica ou com renda familiar bruta per capita de até um salário mínimo. A bolsa auxílio irá pagar 12 parcelas mensais no valor de R$ 200,00 para subsidiar despesas de estudantes no acompanhamento de dependente com idade inferior a seis anos. As inscrições estão abertas até o dia 3 de setembro por meio do link.   

Instagram @correioma