Ariano Suassuna foi um dos convidados ilustres a participar do evento.
Reprodução/Ariano Suassuna foi um dos convidados ilustres a participar do evento.

Relembre convidados ilustres do Salimp

O Salão do Livro de Imperatriz (Salimp) chegou a sua 16° e ocorre até dia 06 de outubro no Centro de Convenções. Além de ser a maior feira literária do Estado, com milhares de livros expostos, o evento também já reuniu convidados e presenças ilustres do mundo literário ao longo dos seus 16 anos. Relembre alguns:

Gabriel O pensador

Apesar de ser mais conhecido no mundo da música, Gabriel O Pensador também é escritor, e lançou durante o Salimp o seu primeiro livro, “Diário Noturno”, uma obra voltada ao público infanto juvenil. Ele participou da edição do Salão do Livro de 2009, a primeira realizada no Centro de Convenções. Um grande público prestigiou o lançamento, e na época, a organização precisou de um telão para transmitir a palestra para todo o público presente.

 

Caco Barcellos

No mesmo ano que Gabriel Pensador, o Salimp recebeu outro convidado ilustre: o jornalista Caco Barcelos, que comanda o programa “Profissão Repórter”, na Globo. Ele ministrou a palestra “Cultura da Violência”, e na ocasião, falou de seus livros: “Nicarágua: a revolução das crianças”; “Rota 66”, e “Abusado”.

A palestra do jornalista também foi tão aguardada e solicitada pelo público que a organização mudou o local de apresentação, que a principio seria no Café Literário, para o estacionamento do Centro de Convenções, para comportar todo o público.

 

Antonio Calloni

O ator global e escritor Antônio Calloni esteve presente no Salimp de 2010, o segundo ano da feira do livro no Centro de Convenções e já consagrado como um dos maiores eventos do estado.  O escritor falou sobre suas obras lançadas desde então, entre elas: “Escrevinhações de Samuel, o eterno”, “Amanhã eu vou dançar: novela de amor”, e “A ilha de sagitário: contos”.

 

Professor Pasquale

O seu nome é bem conhecido e sempre associado a um bom português. O professor de língua portuguesa Pasquale Cipro Neto veio a Imperatriz em 2010 para ministrar palestra no Salimp, voltada especialmente para professores, estudantes e educadores. Mas na época, sua presença atraiu um público diversificado para a feira do livro.

 

Ariano Suassuna

Membro da Academia Brasileira de Letras e um dos mais ilustres escritores nordestinos de todos os tempo, Ariano Suassuna participou da feira do livro em 2011. Autor de “O Auto da Compadecida”, ele ministrou uma palestra na Arena Multicultural do Salimp onde falou sobre sua vida, obras e inspirações.

A exemplo de outras palestras com convidados ilustres, a de Ariano Suassuna também atraiu um grande público à feira do livro. O escritor paraibano morreu 03 anos depois, vítima de uma parada cardíaca.

 

Pedro Gabriel - Eu me chamo Antônio

A página “Eu me chamo Antônio” ficou famosa e conquistou milhares de seguidores no Facebook com sua poesia, e saiu das redes sociais para virar livro. Escrito por Pedro Gabriel, a obra foi tema de palestra no Salimp do ano passado. Na ocasião, o autor falou de mais duas obras: “Segundo – Eu me Chamo Antônio”, e “Ilustre e Poesia”. Pedro Gabriel, na ocasião, também falou sobre as redes sociais e o seu poder e influência para literatura.

Instagram @correioma