Quais foram as histórias favoritas para leitura no nosso país?
Reprodução/Quais foram as histórias favoritas para leitura no nosso país?

Os livros mais lidos pelos brasileiros em 2018

É verdade que o Brasil está entre os paises com menor índice de leitura no mundo, mas ainda sim os apaixonados pela literatura consomem as obras literárias, algumas mais que outras. Confira quais foram as histórias favoritas para leitura no nosso país, no ano passado, segundo ranking da Publish News.

1º A sutil arte de ligar o foda-se

Resultado de imagem para A sutil arte de ligar o foda-se

O grande best-seller do ano passado foi o livro de auto ajuda "A sutil arte de ligar foda-se". A obra, que aparece em diversos rankings de mais vendidos, é escrito por Mark Manson, que ao longo da obra dá dicas para se por em prática uma complexa mensagem: você pode não ser responsável por tudo o que acontece, mas é você que decide como vai contornar os seus problemas.

2º Textos crueis demais para serem lidos rapidamente

Resultado de imagem para Textos crueis demais para serem lidos rapidamente

Escrito por Igor Pires da Silva e Gabriela Barreira, o livro nasceu em um perfil no Facebook, onde se compartilhava um conteúdo extenso, profundo e extremamente poético. Do sucesso na web surgiu o livro fisico, que conta ainda com ilustrações da artista Anália Moraes, que faz trabalho de viés feminista.

3º Ainda sou eu

Resultado de imagem para Ainda sou eu livro

A última sequência do livro de sucesso "Como eu era antes de você" está entre os mais lidos em 2018 pelos brasileiros. A obra marca o terceiro livro da franquia, que ainda conta com "Depois de você". A história narra a vida de Louisa Clark, após as reviravoltas dos dois primeiros livros, mostrando seu cotidiano depois deixar a família, o namorado e os amigos na Inglaterra, para trabalhar como acompanhante de uma socialite em Manhattan.

4º Origem

Resultado de imagem para origem livro

Do autor de best-sellers como "Codigo da Vinci", Dan Brown volta à lista dos mais vendidos com "Origem", uma obra que volta a acompanhar as aventuras de Robert Langdon, o famoso professor de Simbologia de Harvard,  e personagem principal de suas obras. Desta vez, o professor chega ao ultramoderno Museu Guggenheim de Bilbao para assistir a uma apresentação sobre uma grande descoberta que promete "mudar para sempre o papel da ciência".

5º Outros jeitos de usar a boca

Imagem relacionada

A obra de poesia de Rupi Kaur esteve entre os preferidos dos brasileiros no ano passado. No livro, a escritora e artista plástica, fala de forma sensível sobre a experiência de violência, o abuso, o amor, a perda e a feminilidade. O volume é dividido em quatro partes, e cada uma delas serve a um propósito diferente.

6º Tartarugas até lá embaixo

Imagem relacionada

Do renomado autor britânico John Green, conhecido por obras como A Culpa É Das Estrelas e Quem É Você, Alasca?, "Tartarugas até lá embaixo" conta a história de Aza Holmes, uma menina que luta para superar o transtorno obsessivo compulsivo (T.O.C.) e que sai em busca de um bilionário misteriosamente desaparecido - quem encontrá-lo receberá uma polpuda recompensa em dinheiro.

7º Poesia que transforma

Imagem relacionada

Conhecido por sempre valorizar e exaltar a cultura nordestina, o poeta e cordelista Bráulio Bessa Uchoa entrou para lista de mais vendidos com a sua obra "Poesia que transforma". No livro, o autor conta um pouco das histórias do menino de Alto Santo, no interior do Ceará. Desde o primeiro encontro com a obra de Patativa do Assaré, aos 14 anos, até a fama na televisão, ele mostra como a poesia transformou sua vida.

8º O conto da aia

Imagem relacionada

"The handmaid's tale" é atualmente um dos seriados mais aclamados, da crítica e do público, e foi inspirado no livro "O conto da aia", que apesar de ter sido lançado ainda na década de 80, entrou este ano para a lista de beste sellers. A história passa-se num futuro próximo, onde os direitos das mulheres são extremamente restritos e elas são divididas por funções: esposas, serviçais, e as aias, mulheres férteis mantidas como servas para procriar.

 

Instagram @correioma