Torcida do Fortaleza lotou a Arena Castelão no jogo contra o CSA.
Diário do Nordeste/Torcida do Fortaleza lotou a Arena Castelão no jogo contra o CSA.

A um empate do título

Assim está a situação do Fortaleza no Campeonato Brasileiro da Série B. Com o acesso para a Série A já garantido, o Leão do Pici esteve perto do título da Segunda Divisão do Brasileiro no jogo contra o CSA, no empate em 1 x 1, jogo realizado na terça-feira, em Fortaleza. Com o empate do Avaí diante do Atlético-GO, em 2 x 2, bastava o Fortaleza vencer o CSA para conquistar o seu primeiro título brasileiro. O Tricolor vencia o jogo até os 23 minutos do 2º tempo, quando o CSA conseguiu o empate, através do atacante Felipe. Agora, para ser campeão, o Fortaleza precisa de um empate diante do Avaí, na Ressacada, no próximo sábado, e torcer para que o CSA não vença o Atlético-GO, no Rei Pelé, também no sábado. O Leão do Pici soma 65 pontos, contra 58 do CSA, ou seja, são 7 pontos de diferença. O empate leva o Fortaleza a 66 pontos e, se o CSA empatar vai chegar aos 60, com a diferença ficando em 6 pontos, restando dois jogos. O CSA vencendo os dois jogos restantes e o Fortaleza perdendo os seus, as duas equipes terminam empatadas, com 66 pontos, mas o Fortaleza será o campeão nos critérios de desempate com 19 vitórias, contra 18 do time alagoano. Sinceramente, o Leão do Pici já pode comemorar.

Não é surpresa...

...pra mim a não permanência do técnico Rogério Ceni no comando técnico do Fortaleza na próxima temporada. Não é possível que a diretoria do Leão do Pici ache que Rogério possa permanecer em Fortaleza após a belíssima campanha que a equipe está realizando na Série B do Brasileiro, onde conquistou o acesso para a Série A com 4 rodadas de antecedência e pode faturar o título na próxima rodada. Mesmo que não conquistasse o título, mas com o belo trabalho que desenvolveu no Tricolor, o pensamento de Rogério Ceni sempre foi usar o Fortaleza como uma espécie de trampolim para despertar interesse de grandes equipes do futebol brasileiro. Ele que começou no São Paulo, time onde parou de jogar, mas sem conseguir emplacar, sendo demitido. Na sequência aceitou o convite do Fortaleza dando ao clube o título brasileiro inédito e fazendo do Tricolor o primeiro time do Nordeste a conquistar uma Série B. Certamente vai estar em uma grande equipe do futebol do Brasil em 2019.

Se o Fortaleza já...

...está com o título da Série B praticamente garantindo, o Boa Esporte-MG (20º), com apenas 29 pontos, é a primeira equipe já rebaixada para a Série C de 2019. Mesmo que vença os 3 últimos jogos só chegará a 35 pontos, enquanto que o CRB, primeira equipe fora do Z-4, já tem 41. Restando três vagas para a definição dos rebaixados, tudo indica que Sampaio (19º), com 32 pontos, Juventude (18º), com 35, e o Paysandu (17º), com 37, devem ser os outros rebaixados. Com 4 derrotas seguidas e na penúltima colocação, o Sampaio Corrêa depende de um milagre, pois suas chances são de 99,8%. O mesmo aconteceu com o Juventude, que perdeu o confronto direto para o CRB e estacionou nos 35 pontos e está com 99,7% de chances de cair. Completando a zona de rebaixamento, o Paysandu, que mesmo vencendo o Oeste, por 4 a 3, na Curuzu, viu suas chances de queda aumentarem para 93,2%. 

O Imperatriz...

...continua se reforçando para a próxima temporada. Após anunciar o zagueiro Cosmo, o meio-campo Marcos Paulo e os atacantes Mateus e Chaveirinho, agora foi a vez do volante Peu, ex-Salgueiro. Não conheço e nunca vi jogando. Sabe o que isso quer dizer? Nada! Quem tem que conhecer é o técnico Ruy Scarpino e se Peu foi contratado deve ter tido o aval do treinador. Uma coisa eu sei, o Imperatriz tem que contratar jogadores que cheguem para jogar, nada de compor elenco. A Série C não é fácil, pois entre tantos bons times, o Cavalo pode enfrentar Sampaio, Paysandu, Remo, entre outros.

Instagram @correioma